sexta-feira, 17 de julho de 2009

Memórias de Minhas Putas Tristes - Gabriel García Márquez - Ed. Record

Acabei de ler Memórias... pela segunda vez em um ano. Da primeira vez, peguei o livro emprestado com um colega de trabalho porque a vontade de ler a obra já seguia comigo há anos. Li o livro em alguns dias e simplesmente me apaixonei pela escrita do autor e pela história criativa e maravilhosa.

E, desta segunda vez, foi depois de fazer comprinhas tudodebom em sebos, como contei neste post. Uma das aquisições foi Memórias... e, assim que acabei de ler Longe Daqui, comecei a releitura da obra. A experiência, desta segunda vez, foi mais rica que a primeira, como era de se esperar.

E a história de um homem que se apaixona pela primeira vez aos 90 anos por uma menina de 14 que (detalhe!) ele nunca viu acordada mexeu ainda mais comigo. Memórias de Minhas Putas tristes é uma obra-prima, que é leitura obrigatória para todos aqueles que têm a leitura como um de seus hábitos favoritos.

Velhice e amor

Esses são os dois temas principais do livro. O romance é curto, mas traz muitas questões sobre o sentido da vida e o que fazemos dela, sobre o que realmente importa e sobre o sentimento mais nobre do mundo, que pode dar sentido para uma vida inteira de vazios: o amor.

Outra característica do livro é que os dois personagens principais, e só eles, não têm nome. Para mim, o significado está no fato de que todos nós somos seres amantes e seres amados, então, por que nomear?

Prêmio Nobel de Literatura

Gabriel García Márquez, autor colombiano, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura pelo seu livro Cem Anos de Solidão, que se tornou tão importante para a literatura hispânica que a Real Academia Española subsidiou uma edição de luxo, com preço bem mais acessível, para divulgar a obra.

Eu ainda não li Cem Anos de Solidão, mas está na minha lista de próximas aquisições!

Sobre o Autor

Gabriel García Márquez nasceu em 6 de março de 1927. É um escritor colombiano, jornalista, editor e ativista político.

Em 1982 recebeu o Prêmio Nobel de Literatura por sua obra, que entre outros livros inclui o aclamado Cem Anos de Solidão.

Foi responsável por criar o realismo mágico na literatura latino-americana.Viajou muito pela Europa e vive atualmente em Cuba, lutando contra um câncer. É pai do realizador Rodrigo García.

Em 1 de abril de 2009 declarou que se aposentou e não pretende escrever mais livros.

23 comentários:

  1. carla,certamente um dos melhores livros que li recentemente.Parabéns pela postagem.Agora mesmo quase tive um troço:chegaram pelo correio as cartas da Virginia woolf que eu queria ler há anos!
    Obrigado por seu blog.È ótimo saber que existem blogs assim numa blogosfera saturada de lixo.Um abraço e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  2. é realmente genial esse livro. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Oiii!
    Quanto tempo :o)
    Adoro GGMárquez!
    Não sei quando vou a Santos de novo... mas te avise se for!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, te encontrei no visceras literárias e vim dar uma espiadinha. Adorei o que encontrei! É bom prosear com quem gosta de ler.
    Sobre o Gabriel, ainda não li esse aí, parece ser bom, pelo que você descreveu. Li Cem anos de solidão. Gostei, apesar de não ser o meu preferido.
    Vou te linkar ok?
    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. Lê Cem Anos de Solidão, é uma obra maravilhosa deste autor.

    ResponderExcluir
  6. Eu também gostei desse livro e adoro o autor. Às vezes fico até espantada só de ver como a literatura de países vizinhos é ignorada aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive vontade de ler "Memórias..." mas acabei não lendo até hoje. Depois de ler sua resenha, com certeza vou procurá-lo o mais rápido possível! Seu blog é mt bom, gostei bastante!

    Aproveitando, convido para conhecer o meu:

    http://www.millivroseideias.blogspot.com/

    Um abraço,
    Laura

    ResponderExcluir
  8. Carla
    Boas leituras, virei aqui ler as suas opiniões.
    Ler é o alimento da alma.
    Ainda não li nenhum do Gabriel, mas fiquei curiosa.
    Obrigada pela visita ao nosso cantinho Asperger.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  9. Olá Carla!!! Estou passando por uma saga com a Livraria Saraiva e um dos livros da minha compra de 7 no total( e que nunca chegam....) é justamente "Memórias de Minhas Putas Tristes".....eu quero os meus livros!!!! Buuuuááá´...

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo seu blog..adorei as dicas....bj

    ResponderExcluir
  11. Tanto esse livro quanto "Cem Anos de Solidão" estão na minha lista de próximos livros. Vontade louca de lê-los.
    Beijos,
    Mari
    www.rosas.nadiapag.com

    ResponderExcluir
  12. Acredita que ainda não li nada deste autor? Preciso remediar isso o mais rápido possível. Adorei seu comentário! Está na lista.

    Bjsssss
    Lili

    ResponderExcluir
  13. ai carla, eu jah li parte desse livro!

    uma amiga do curso tava lendo e eu li com ela, mas o curso cabo e eu nem peguei o livro!

    sou louca pra terminar! e vc ainda me incentivou... vou procurar um sebo aki nessa mini cidade, urgenteee!

    bom final de semana!

    beijoo!

    ResponderExcluir
  14. Eu li este livro este ano e adorei.
    Foi o primeiro que li do Gabriel García Márquez e como gostei tanto, já tenho na minha estante outros livros dele para ler... mas o tempo não chega para tudo!!

    Beijos e continuação de boas leituras

    ResponderExcluir
  15. Oi, cheguei aqui a partir da Pedrita.
    O título de seu blogue chamou-me a atenção. já que implica uma grande responsabilidade perante seus leitores. Gostei de seu comentário sobre "Memória de minhas putas tristes", um livro que também me agrada. Vou ver suas outras 'leituras obrigatórias'. Depois voltarei.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  16. O Compartilhando Leituras está fazendo uma discussão, você é contra ou a favor de baixar livros pela internet? Participe da enquete na barra lateral do blog e deixe sua opinião nos comentários, vamos compartilhar essa discussão!

    Obrigada

    ResponderExcluir
  17. passando para te desejar um feliz domingo...
    Maurizio

    ResponderExcluir
  18. Sou louca para ler esse livro. Sempre passo pela livraria mas nun a comprou. Agora será um caso a repensar.
    bj

    ResponderExcluir
  19. Oi! Achei a blogsfera dos livros! adoro, mas confesso que não dedico muito tempo... Sou sua colega arquiteta (aasim que vc se formar) e Adorei seu blog... Esou passando pra contar que te linkei no meu! Super beijo, da DriM
    http://drimsatelie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Carla!
    Eu também considero este livro de leitura obrigatória!
    Não sei qual a capa que gosto mais se a minha se a tua. Esta tem o velho na capa e a minha tem uma flor que representa a menina ou a flor do amor. Desejo-te uma boa semana*

    ResponderExcluir
  21. Carla,
    Parabéns pelo Blog e pelo incentivo à cultura.
    Abraço,
    Vanda Amorim (SP)

    ResponderExcluir
  22. Com 82 anos de idade, acho que seria normal de se aposentar, mas mesmo assim é uma pena... Será que ele não sente um vontade de escrever e do nada escreve um livro? Esse livro é o número 4/5 da minha lista de livros que eu Amo. Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  23. Sou apaixonada, viciada nesse livro...
    Leitura obrigatória!
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir